Página InicialTextos EspíritasEvolução Planetária

161 visualizações

Evolução Planetária

março 15, 2016

vania-mugnato-vasconcelosO mundo amadureceu e chegou no seu momento de evoluir, saltar da era de “Expiações e de Provas” para a era de “Regeneração”, dois tipos de condição planetária que o Espiritismo esclarece bem.

Em poucas palavras, podemos dizer que mundo de expiações é aquele onde espíritos intelectualmente desenvolvidos, porém com graves falhas de ordem moral, expiam suas faltas “mediante penoso trabalho e misérias da vida, até que hajam merecido ascender a um planeta mais ditoso” *, estado que nossa humanidade ainda experimenta.

Entretanto, tudo evolui no Universo e por isso os mundos não ficam sempre nas mesmas condições de modo que, assim como suas humanidades, passam para um grau superior.

Durante bastante tempo os espíritos que evoluíram mais que a maioria dos indivíduos terrenos passaram a ser membros de outros orbes mais moralizados, pois a maturidade da Terra deixava-lhes a desejar. Esse processo poderia ser comparado à aprovação escolar: saída dos aprovados, permanência dos repetentes na escola.

Mas, há lógica nas ações universais, quando a maioria dos alunos da escola têm melhores resultados, não convém mudar tantos alunos sendo mais produtivo o processo inverso, transferência dos repetentes. É este o ponto em que chegamos. Muitas pessoas despertando para os objetivos da vida planetária e vários reincidentes lutando para entravar o progresso.

É fácil observar a revolta e o arrojo dos imperfeitos que ousam tentar protelar evolução do conjunto terreno (planeta e indivíduos). Todavia, os tempos são chegados e nada impedirá a mudança geral do estado das coisas, é hora de acelerar o passo. Inevitável a derrocada dos maus, impossível cancelar a triagem dos que querem evoluir e dos que ainda não querem.

A verdade nos aparece confusa, mas a beleza divina está em ler as mais profundas intenções da alma, não se premia nem pune senão a mais pura intenção. Qualquer que seja a crença – religiosa, política, filosófica – aqueles que têm intuitos verdadeiramente nobres, solidários, honestos, serão convidados a ficar para reconstruir os escombros das instituições destruídas pelos que usurparam do que não lhes pertencia.

Estes rebeldes da evolução, segundo a lucidez da lógica espírita, terão que recomeçar em novo planeta, levando a inteligência adquirida, mas em condições rústicas que lhes farão desenvolver a moral que aqui na Terra, infelizmente, negaram. Serão novos “Adão e Eva” com saudades do paraíso perdido, erigindo um mundo como o que deixaram para trás.

Os tempos são chegados.

Vania Mugnato de Vasconcelos

Referência Bibliográfica:
O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 13, item 13.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em
<https://plus.google.com/+VaniaMugnatodeVasconcelos/posts/GBrujUHq4yu>.
Acesso em: 15MAR2016.

Vania Mugnato de Vasconcelos
Vania Mugnato de Vasconcelos

Advogada, Bacharel em Serviço Social, pós-graduada em Recursos Humanos. Casada, mãe, espírita desde os 12 anos de idade, palestrante em vários centros no interior de São Paulo. Trabalhadora do CE João Batista de Jundiaí – SP, atua na casa como palestrante e Coordenadora do Grupo de Pais. Discípula de Jesus pela Aliança Espírita Evangélica do ABC, é oradora em casas espíritas vinculadas à USE Regional Jundiaí. Também é oradora em seminários realizados pelo Instituto Chico Xavier de Itu, em parceria com outros trabalhadores da seara espírita. Articulista espírita em redes sociais, jornais e blogs, seus textos e poemas estão disponíveis ao público na internet, bem como possui canal de vídeos no Youtube contendo palestras e estudos espíritas.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como