Página InicialTextos EspíritasBittencourt Sampaio – nebulosa radiante

843 visualizações

Bittencourt Sampaio – nebulosa radiante

setembro 22, 2016

antonio-cesar-perri-menorFrancisco Leite de Bittencourt Sampaio (1834-1895) é um destacado pioneiro do movimento espírita brasileiro. Atuou como jurista, político, jornalista, literato e espírita vinculado a grupos que originaram a FEB.

Bittencourt atuava de maneira simples e dedicada nos ambientes espíritas da cidade do Rio de Janeiro, inclusive como receitista de homeopatia no “Grupo Confúcio”, entidade que integrava a diretoria desde 1873. Participou também da Sociedade Acadêmica Deus, Cristo e Caridade, da qual foi um dos fundadores em 1885, depois desdobrada como “Grupo do Saião”, destinado ao estudo e prática dos Evangelhos, e “Grupo Ismael”, e esta veio a integrar à Federação Espírita Brasileira (fundada em 2/1/1884). Como médium recebeu belas e instrutivas mensagens de Espíritos Superiores.a-divina-epopeia-bittencourt-sampaio-285428

Fato histórico foi a publicação de seu livro A Divina Epopéia de João Evangelista em 1882. Reproduz o Evangelho de João, em versos decassílabos, em versos heróicos. Considera “O Evangelista apóstolo do amor foi o maior poeta da antiguidade depois de Job, de Salomão e David”. Esta obra pioneira somente veio a ser editada pela FEB no ano de 1938, com o título de A Divina Epopéia. Admiramos o autor, embora não concordemos com algumas de suas interpretações doutrinárias.

Ocorrências posteriores foram relatadas por Bezerra Menezes, como médico, na sua obra A loucura sob novo prisma, sobre reuniões de tratamento espiritual com participação de figuras notáveis como o médium Frederico Pereira da Silva Júnior, Pedro Richard, Antônio Luís Saião, Francisco Leite Bittencourt Sampaio, e outros companheiros.

Interessante episódio histórico relaciona mais uma vez Bittencourt e Bezerra. A FEB estava em crise e, em julho de 1895, Bezerra de Menezes, que já havia sido presidente por um ano, foi procurado por membros da diretoria da Federação. Bezerra estava cansado, doente, abatido pela dissensão entre os irmãos espíritas, e não aceitou o convite, mas pediu um tempo para pensar. No dia seguinte, compareceu ao Grupo Ismael, onde dirigia os trabalhos. Abriu a reunião, mas parecia aflito e preocupado. Depois da prece de abertura, feita por Bittencourt Sampaio, e após o recebimento de mensagens psicografadas, Bezerra usou da palavra no momento da explanação dos temas evangélicos, e se referiu às desavenças no Movimento Espírita e sobre o convite que havia recebido. Confessou-se fraco, mas acabou sendo convencido do compromisso. Bittencourt desencarnou três meses após este episódio.

Os livros de Francisco Cândido Xavier fazem referências a Bittencourt Sampaio em Crônicas de Além Túmulo, Voltei, e Instruções psicofônicas. Nesta última obra, há uma belíssima página do nobre Espírito, intitulada “O Cristo está no leme”, onde conclui: “Cristo ontem, Cristo hoje, Cristo amanhã!…”

Por ocabittencourt-sampaio-nebulosa-radiantesião dos 180 anos de nascimento de Bittencourt Sampaio registramos a efeméride com artigo na revista Reformador e estimulamos uma reunião pública em homenagem ao vulto pioneiro efetivada na Sede Histórica da Federação Espírita Brasileira, no Rio Janeiro.

Caminhando por São Paulo, casualmente nos deparamos com a rua Bittencourt Sampaio, esquina com rua Santa Cruz, bairro de Vila Mariana. Aliás, ele estudou Direito na capital paulista, oportunidade em que escreveu a letra de “Quem sabe?” e do Hino da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (atualmente da USP), que foram musicadas por Carlos Gomes.

Neste ano, fomos honrados com o convite da presidente da Federação Espírita do Estado de Sergipe, Marilourdes Ramos Oliveira, para redigirmos o Prefácio do livro Bittencourt Sampaio – Nebulosa radiante, organizado por Silvan Aragão, e editado pela Federação de seu Estado Natal, pois nasceu em Laranjeiras (Sergipe). O livro foi lançado durante o 6º. Congresso Espírita de Sergipe, nos dias 16 a 18 de setembro de 2016.

Antonio Cesar Perri de Carvalho

Referências Bibliográficas:
– Aragão, Silvan (Org.). Bittencourt Sampaio. Nebulosa radiante. Aracaju: FEES. 2016.
– Associação Médico Espírita do Brasil. Adolfo Bezerra de Menezes. Biografia. Acesso: http://www.amebrasil.org.br/html/perfil_bezerra.htm (julho de 2016).
– Carvalho, Antonio Cesar Perri. Bittencourt Sampaio e a Epopéia do Evangelho Reformador. No 2.219, fevereiro de 2014, p.78-81.
– Menezes, Adolfo Bezerra. A loucura sob novo prisma. Cap.II. Rio de Janeiro: FEB. 1946.
– Sampaio, Francisco Leite Bittencourt. A divina epopéia. 5.ed. Rio de Janeiro: FEB, p. 9-23.
– Xavier, Francisco Cândido. Espíritos diversos. Instruções psicofônicas. Cap.64. Brasília: FEB.

Nota do Editor:
Foto contida na imagem em destaque disponível em <https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3ABittencourt_Sampaio.jpg>. Acesso em 22SET2016.

bittencourt-sampaio

Antonio Cesar Perri de Carvalho
Antonio Cesar Perri de Carvalho

Ex-presidente da Federação Espírita Brasileira (interino de 5/2012 a 3/2013 e efetivo de 3/2013 a 3/2015); membro da Comissão Executiva e Primeiro Secretário do Conselho Espírita Internacional; Membro do Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como