Página InicialTextos EspíritasFim do Mundo 

176 visualizações

Fim do Mundo 

janeiro 29, 2021

O fim do mundo ocorrerá um dia? 

Vez por outra, em razão de uma ocorrência desastrosa da natureza, fato histórico ou previsões de profetas, amedrontam-se as pessoas diante da possibilidade da total destruição do nosso planeta. 

No século passado, por volta de 1980, uma seita do nordeste brasileiro, denominada “Borboletas Azuis”, anunciou que o fim do mundo ocorreria em determinado dia. Frustrada a previsão, o apocalipse teria sido prorrogado inutilmente. Logo depois o seu líder morreu e a seita se esvaziou. 

Para 2012 também se imaginava o fim, por causa das supostas profecias Maias, gravadas em pedra. O fato gerou grandes discussões, celeuma mundial e temor para muitos, sem que, obviamente, algo de terrível acontecesse. 

Não é de agora que se aguarda um fim catastrófico para o nosso mundo. Previsões apocalípticas de João, o evangelista, mencionaram um tempo de destruição, com muito choro e ranger de dentes. Imaginaram que isso fosse ocorrer na virada do ano 1.000, mas nada houve de extraordinário. Posteriormente vieram as narrativas premonitórias de Nostradamus, em forma de versos, muitas delas, acreditam os estudiosos, já cumpridas. 

A possibilidade de uma guerra nuclear não foi descartada, pois muitos países conservam suas armas ameaçando prováveis inimigos. 

Que ninguém tenha medo. 

O mundo não está à deriva, como um barco solto na correnteza caudalosa. Deus está no leme. O mundo não é aquilo que desejamos, mas o que o Criador permite que ele seja para o devido aprendizado das criaturas. Se está difícil viver por aqui, com muitas doenças, misérias e guerras, é o que nós ainda precisamos para entender que somente o amor nos conduzirá à felicidade plena. 

Não se imagina um exímio escultor, em sã consciência, destruindo a obra prima de sua vida. Ora, Deus, sabedoria em perfeição, cria planetas para que sejam úteis à evolução dos Espíritos e só os destrói, renovando a matéria, depois de bilhões de anos e quando já cumpriram o seu propósito. Os Espíritos, por sua vez, sendo imortais, passam a residir em outras moradas mais aperfeiçoadas. Tudo está conforme a previsão de Deus e não segundo a nossa pouca compreensão da vida universal. 

Aguardemos, no entanto, profundas transformações. A evolução, às vezes, requer um pouco de destruição, em especial a destruição daquilo de ruim que ainda temos dentro de nós. Segundo os Espíritos Superiores, é chegada a hora do nosso planeta alcançar uma nova etapa de progresso, na qual a vida será mais amena. Estamos sendo todos testados, como alunos da escola Terra avaliados em exame para a admissão em grau superior, ao qual Allan Kardec denominou de mundo de regeneração. 

Essa transformação, moral e também material, obedece à lei da natureza, que não dá saltos; iniciada há algumas décadas, ainda levará outros séculos para se ultimar. Nós, como Espíritos ou como encarnados, estaremos acompanhando essa mudança, sendo, ao mesmo tempo, seus agentes e sujeitos. 

Lembremo-nos, porém, do alerta de Jesus, de que “só os bons herdarão a Terra”, querendo o Mestre dizer que precisamos adquirir as virtudes do amor, praticarmos a verdadeira caridade, se quisermos ter como morada este nosso planeta. 

Donizete Pinheiro 

Nota do autor: 

Do livro Respostas Espíritas”. 

Donizete Aparecido Pinheiro da Silveira
Donizete Aparecido Pinheiro da Silveira

Escritor, editor do periódico Ação Espírita, diretor de doutrina do Grupo Espírita Jesus de Nazaré, em Marília, SP.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como