31 visualizações

Supera-te!

agosto 30, 2021

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu!
(Eclesiastes, cap.5)

Não é de se estranhar que no meio de todo esse aparente caos em que estamos vivendo, tivemos as Olimpíadas em Tóquio, mesmo com um ano de atraso devido à pandemia, pois o mundo precisava assistir exemplos de extraordinárias superações dos atletas. O recado foi “supere-se com a força de sua vontade”.

Não há falta de conselhos dos bons espíritos de toda a sorte de denominações religiosas através de eventos, palestras, de textos, das artes, da literatura, mas são para quem tem olhos de ver, ou coração de sentir. Superar-se é uma caridade conosco mesmo e que gera uma corrente de bem-aventuranças em nossas próprias vidas e de quem nos cerca. A luz de uma simples vela ilumina a escuridão. A caridade está, e sempre esteve, de portas abertas para quem quiser passar.

O Espiritismo nos mostra que a caridade tem muito mais faces além do material. Por exemplo, os nossos bons pensamentos são uma caridade valiosíssima para todos os habitantes da Terra, pois a psicosfera está doentíssima de energias deletérias. Daí a necessidade de superar a intolerância, a ambição desmedida, a maledicência, o egoísmo, o orgulho. A hora é agora.

Mas o nosso medo e as nossas fragilidades nos dominam, assim como as dificuldades dos atletas medalhistas os desafiavam a buscar forças dentro deles, das quais eles nunca duvidaram.

Precisamos nos superar e ter fé em nós mesmos, pois se estamos encarnados neste momento na Terra é porque assim o desejamos e assim nos foi permitido, e nosso fardo aqui é suportável, sob medida, e Jesus nos mostra como ele pode ser mais leve com os exemplos de amor que Ele nos deixou.

Amor é ficar, é persistir, é superar-se no bem. Sejamos teimosos, irmãos, mesmo quando nos abatemos ao nos flagrarmos em mais um deslize, em mais uma imperfeição nossa que nem tínhamos notado antes. É horrível sentir essa autodecepção, mas coragem, é o remédio que precisamos para a ativação da reação corretiva.

Os Espíritos nos alertaram quando Kardec os perguntou se podemos vencer nossas más tendências na questão 909 do L.E (2), respondendo que tudo depende de nossa vontade e esforço. É uma lição repetida incansavelmente no meio Espírita, mas tudo indica que precisa continuar a ser repetida e será realizada por poucos, infelizmente.

Mas por outro lado, recebemos de Deus o presente inesgotável da nova oportunidade de acertar. Que alívio para nós! Temos infinitas oportunidades para não repetirmos o erro novamente. Isso é maravilhoso! A mensagem do Criador é: “Esforça-te porque o resultado lá adiante irá compensar e te fazer mais feliz!”

Há uma música popular antiga em inglês chamada “lotta love”, que diz “It’s gonna take a lot of love, to change the way things are”; em português significa que vai precisar de muito amor para mudarmos o jeito que as coisas estão, e é verdade, porque no final das contas, o amor é o único instrumento para nossa transformação, já que é ficar, persistir, teimar no bem, na ética, no alinhamento de nossa vontade com a nossa consciência cósmica.

A mãe que tem o primeiro filho sente-se muito ansiosa porque não sabe ainda como cuidar do bebezinho recém-nascido, mas o amor que ela tem por ele a faz persistir e superar-se. Quando começamos um emprego novo, queremos ser o melhor possível para mantê-lo e acabamos nos dedicando, fazendo o melhor que podemos para aprender a função, isso é amor também. Foi noticiado na TV recentemente sobre uma moça que se sensibilizou com os viúvos (as) e órfãos do COVID desamparados e criou uma associação para ajudá-los e hoje recebem muitas doações de pessoas que também se sensibilizaram. Inclusive um viúvo que perdeu a esposa após o nascimento de um filho, sendo que já tinha duas crianças, largou o emprego para cuidá-los, mas felizmente encontrou o amparo dessa associação. Veja como, nós seres humanos, somos capazes de superação, de achar soluções, basta querer.

E assim como nós vibrávamos pelos atletas nas Olimpíadas, temos uma corrente de benfeitores a vibrar por nós, com o adicional de proteção concreta na medida necessária, o que torna o nosso fardo mais leve. A vida é mesmo bela.

Maria Lúcia Garbini Gonçalves

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://www.pexels.com/pt-br/foto/atleta-esportista-jogador-atletico-4164640/>. Acesso em: 29 AGO21.

Maria Lúcia Garbini Gonçalves
Maria Lúcia Garbini Gonçalves

Tradutora, mora em Porto Alegre/RS, estudante da Doutrina Espírita, trabalha no Grupo Espírita Francisco Xavier como médium.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como