357 visualizações

Lei do Trabalho

novembro 27, 2022

Por que temos que trabalhar? Será somente para acumular riquezas, pagar as contas e sobreviver? Allan Kardec nos explica em O Livro dos Espíritos: “O trabalho é uma Lei da Natureza, e por isso mesmo é uma necessidade. A civilização obriga o homem a trabalhar mais, porque aumenta as suas necessidades e prazeres”. O trabalho é uma dádiva, nos proporciona felicidade e é necessário à nossa evolução, conforme continua nos ensinando Kardec: “Por que o trabalho é imposto ao homem? Resposta: Por ser uma consequência de sua natureza corpórea. É uma expiação e, ao mesmo tempo, um meio de aperfeiçoar a sua inteligência. Sem o trabalho, o homem permaneceria na infância intelectual. É por isso que seu alimento, segurança e bem-estar dependem do seu trabalho e da sua atividade…”.

Nós devemos receber uma remuneração pelo nosso trabalho, o que é justo, pois precisamos disso para sobreviver.  O dinheiro proveniente do trabalho muitas vezes serve de estímulo para que muitos não permaneçam no ócio. Porém, devido a nossa atual condição evolutiva, alguns ficam focados somente na recompensa financeira e se esquecem de que o trabalho é muito mais que isso. A Doutrina Espírita nos ensina que somos co-criadores e assim o trabalho de todos é muito importante para a evolução de todo o
Universo. Conforme progredirmos em nossa jornada evolutiva, através das nossas múltiplas encarnações, teremos cada vez mais essa consciência. Deixaremos de nos preocupar tanto com o pagamento e trabalharemos cada vez mais pelo simples fato de ser o certo, de estarmos produzindo algo, sendo úteis e contribuindo para o bom andamento do todo.

Quando alguém desencarna, muitas pessoas tem o hábito de falar: – Descansou… Porém isso não é verdade, o Espiritismo nos mostra que o trabalho na dimensão Espiritual é muito maior do que na dimensão material. Conforme disse Chico Xavier: “Os Espíritos superiores não descansam; para eles o trabalho é sinônimo de alegria, de realização espiritual mais íntima… Se esperamos por descanso depois da morte, estamos mal-informados”. Não tenhamos a ilusão de que ficaremos só repousando após o desencarne, pois teremos muitas oportunidades de trabalhar muito mais intensamente do que atualmente. André Luiz, no Livro Nosso Lar, através da psicografia de Chico Xavier, nos descreve sobre o trabalho no mundo Espiritual, nos fala inclusive que, como aqui, lá ele também é remunerado, através dos bônus-hora.

O repouso também é muito importante, segundo O Livro dos Espíritos: “Sendo uma necessidade para quem trabalha, o repouso não é também uma Lei da Natureza? Resposta: sem dúvida. O repouso serve para reparar as forças do corpo e também é necessário para dar um pouco mais de liberdade à inteligência, a fim de que se eleve acima da matéria”. Temos o direito ao repouso tanto aqui, enquanto encarnados, como quando desencarnados, pois, ele é merecido e necessário.

Usemos esses conhecimentos para o bem de todos, refletindo sobre a importância do trabalho e não pensando somente em sua recompensa financeira. Trabalhemos com alegria, sendo gratos ao Criador pelas inúmeras oportunidades que recebemos e fazendo do trabalho uma fonte de felicidade.

Eduardo Battel 

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://agendaespiritabrasil.com.br/2021/05/29/a-lei-de-trabalho/>. Acesso em: 27NOV2022.

Eduardo Battel
Eduardo Battel

Frequentador do Centro Espírita Nova Luz e Centro Espírita João Batista em Jundiaí/SP. Expositor Espírita. Coordenador da Liga de Medicina e Espiritualidade da Faculdade de Medicina de Jundiaí, SP.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue o cartaz do seu evento espírita.

Clique aqui