342 visualizações

Refletindo o Natal

dezembro 13, 2022

Mais um ano civil que se encerra e vem chegando o Natal, período de grande movimentação comercial. A correria aos famosos blackfridays, na busca de aquisições de presentes e de preparação para as festividades natalinas. Época de oportunidades, quando surgem os empregos temporários, que para muitos, ou para a maioria, o ensejo do primeiro emprego ou o retorno ao mercado de trabalho.

O certo é que o período natalino, em todos os anos, com as suas musicalidades de sempre, toca sentimentos e desperta corações para os bons pensamentos e para as boas ações, inclusive para a beneficência.

Os pensamentos se unem, formando-se uma psicosfera repleta de leveza e espiritualidade, no tocante aos corações benevolentes. São grupos em prece, em diversas instituições religiosas; campanhas do quilo sendo realizadas aqui, ali e acolá; doações de brinquedos, roupas, alimentos e outros às instituições de caridade.

Diante do quadro acima apresentado, vamos às nossas reflexões, numa visão facilitada pela lente espírita, assim vejamos:

– Assim como em todos os tempos, é tempo de sintonia com a Espiritualidade do bem; pensamentos unidos nas ações de bondade, de fraternidade; pensarmos de forma mais elevada, na busca da nossa melhoria moral e espiritual, visando à construção de um mundo cada vez melhor, a partir de cada um de nós.

– Destaquemos aqui, neste singelo artigo, a lição nº 459 de O Livro dos Espíritos, quando o Espírito de Verdade responde a Allan Kardec, in verbis, que os Espíritos influem em nossos pensamentos e em nossos atos, muito mais do que imaginamos; que influem a tal ponto, que, de ordinário, são eles que nos dirigem.

– A observância dessa questão é de suma importância, não somente em épocas natalinas, mas no decorrer de todas as nossas existências, para a nossa proteção e libertação no bem.

– Que possamos estar, nestes e em todos os momentos da vida, sintonizados com a espiritualidade do bem, praticando todo o bem ao nosso alcance; pois, como já vimos na lição, são eles, os Espíritos, que, de ordinário, nos dirigem.

Portanto, aproveitemos a oportunidade deste tempo de Natal, para continuarmos sintonizados com os bons pensamentos, com os bons sentimentos, trabalhando em nós a virtude da humildade, que nos leva à simplicidade e à pureza de coração, à mansidão, às ações misericordiosas, à prática da indulgência etc…

Dessa forma, estaremos, com certeza, dando a nossa contribuição positiva, com a presença da harmonia e da paz, neste Natal e de tantos outros que virão.

Yé Gonçalves

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://agendaespiritabrasil.com.br/2016/12/24/mensagem-de-natal-da-agenda-espirita-brasil/>. Acesso em: 13DEZ2022.

Yé Gonçalves
Yé Gonçalves

Diretor no Centro Espírita Princesa do Vale e no Instituto Nosso Lar, na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue o cartaz do seu evento espírita.

Clique aqui