182 visualizações

Papel de O Clarim

agosto 30, 2023

No dia 15 de agosto o jornal O Clarim, fundado por Cairbar Schutel, completou 118 anos de circulação ininterrupta.

Cairbar Schutel fundou em Matão o Centro Espírita Amantes da Pobreza e aos 15 de agosto de 1905 o jornal O Clarim.

Quando definia um nome para seu jornal, houve o diálogo: “Não queremos um jornal para gritar de alto e bom som que nossa profissão de fé agora é a espírita?” obtemperou alguém – “Então chamá-lo-emos “O Clarim”. Que clarinadas seriam? Aquelas originárias do pioneirismo de Cairbar Schutel na Casa Editora O Clarim, de Matão, que apresenta um clarim do Espiritismo sobre o mundo.

Destacamos que Cairbar de Souza Schutel (1868-1938) foi destacado cidadão radicado em Matão (SP), tendo atuado como farmacêutico, primeiro Prefeito Municipal da cidade, histórico pioneiro e divulgador espírita. Era conhecido com o título de “O pai dos pobres”, pelo fato de doar remédio de graça aos carentes e utilizava sua própria casa para acolher doentes. Conquistou o respeito da população da cidade e região, superando muitas perseguições de natureza religiosa.

Em 1925 lançou a Revista internacional de espiritismo. A RIE desde os tempos iniciais divulgou textos de autoria de lideranças espíritas de várias partes do mundo. Cairbar Schutel mantinha correspondência com Léon Denis, Gabriel Delanne, Oliver Lodge e outros luminares dos estudos e pesquisas espíritas.

Editou dezenas de livros e foi autor de outro tanto.

Representantes de O Clarim viajavam pelo interior do Estado de São Paulo, inclusive para Araçatuba, nossa terra natal, nos tempos de Benedita Fernandes, para propagação do Espiritismo e divulgação dos livros e periódicos editados em Matão.

O dinamismo de Schutel aparece em registros de ações diversas: apoiou a Coligação Pró-Estado Leigo (1931); criou entidade que pode ser considerada predecessora de ações de união, a Associação Espírita de Propaganda do Estado de São Paulo (1931); iniciou a ação de divulgação sobre imortalidade da alma por ocasião do dia de finados; proferiu aos domingos, as conhecidas quinze “Conferências Radiofônicas”, através da Rádio Cultura PRD-4, de Araraquara (1936-1937); compareceu à Semana Metapsíquica de São Paulo em 31 de março de 1937, oportunidade em que conheceu pessoalmente Chico Xavier e ocorreu uma célebre psicografia especular em inglês, assinada por Emmanuel, por intermédio do médium mineiro.

E, sem dúvida, as polêmicas que mantinha com adversários do Espiritismo; as distribuições de O Clarim por ocasião de “finados”; resenhas de livros; noticiário bem variado.

Há pouco, a centenária “dona Ziza” (Adalgisa de Lourdes Antunes), que completou 100 anos em julho de 2023, relatou contatos que teve com Cairbar Schutel, em Matão:

“ ‘Seu’ Schutel, abrindo-me as portas para que, no verdor dos meus 13 ou 14 anos, logo após minha formatura no Colégio São José, eu tivesse meu nome recomendado para trabalhar na Editora, mais especificamente na Redação (aliás, ‘Redacção’, conforme consta na antiga placa ainda afixada à entrada do prédio, hoje Memorial Cairbar Schutel, em Matão), em atividade burocrática utilizando a datilografia e os demais conhecimentos adquiridos no Colégio”.

De nossa parte, colaborador como articulista de O Clarim e da RIE, há mais de 50 anos, reconhecemos que as atividades de Matão fundadas por Cairbar Schutel representam um marco na história do Espiritismo. Muitas vezes recorremos a O Clarim para obter registros históricos e informações sobre ações de vários vultos. Inclusive nosso livro Benedita Fernandes. A dama da caridade, contém muitas informações que obtivemos do tradicional jornal criado por Schutel. Graças a O Clarim, obtivemos valiosas informações que foram utilizadas nessa biografia.

Esse fato aponta sobre a importância de registros escritos da imprensa espírita.

Além de divulgar a Doutrina Espírita, Schutel alimentava os leitores com notícias do movimento espírita do Brasil e de vários países.

Daí nosso respeito, homenagem e gratidão ao nobre vulto e à suas obras pioneiras.

Antonio Cesar Perri de Carvalho

Referências:

  1. Entrevista com Dona Ziza Rosito – Trechos extraídos de: Boletim de Notícias do Movimento Espírita – Ismael Gobbo; e
  2. Carvalho, Antonio Cesar Perri. Pelos caminhos da vida. Memórias e reflexões. Araçatuba: Cocriação. 2021. 632p.

Nota do Editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em O Clarim.
Acesso em: 28/08/2023. 

Antonio Cesar Perri de Carvalho
Antonio Cesar Perri de Carvalho

Ex-presidente da Federação Espírita Brasileira (interino de 5/2012 a 3/2013 e efetivo de 3/2013 a 3/2015); membro da Comissão Executiva e Primeiro Secretário do Conselho Espírita Internacional; Membro do Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue o cartaz do seu evento espírita.

Clique aqui