Página InicialTextos EspíritasSeres inconfundíveis

149 visualizações

Seres inconfundíveis

setembro 6, 2023

No ano que se alcança 50 anos de publicação do magnífico livro Segue-me! (Emmanuel/Chico Xavier, edição O CLARIM), cujos capítulos significam verdadeiro roteiro para a felicidade, importante algo trazer. A obra foi publicada em 1973, com organização de Wallace Leal V. Rodrigues, e precisa ser muito valorizada, dado seu grandioso conteúdo doutrinário.

Fiz vários artigos e proferi várias palestras a partir de capítulos, frases e ensinos das valiosas reflexões que o sábio autor traz nessas luminosas páginas. Cada capítulo, muitas vezes apenas um parágrafo é motivação para aprofundar desdobramentos doutrinários, de conforto, de orientação, de estudos variados em favor do equilíbrio e progresso que todos necessitamos.

Selecionei alguns parágrafos de capítulos variados, que trago aos leitores:

a) “(…) Deus te ajuda para que te ajudes e dar-te-á sempre o auxílio máximo desde que não faltes com o teu concurso no desenvolvimento e no aperfeiçoamento da Obra da Criação, pelo menos com o mínimo do que sabes, podes e deve fazer.” – do capítulo Teu Concurso.

b) “Teus encargos – tuas possibilidades de acesso a planos superiores. (…) cada um de nós, onde estiver, poderá, desde agora, começar a ser bom.” – do capítulo Teus encargos.

c) “(…) Deus te esculpiu como não esculpiu a mais ninguém.” – do capítulo Mandato pessoal.

Os três itens foram propositalmente selecionados pela conexão com uma expressão que está no capítulo Teus encargos (também citado acima). A expressão é seres inconfundíveis, de grande e profunda significação no estímulo às nossas ações no bem, no esforço do progresso e no reconhecimento de nossa condição de criaturas de Deus. Transcrevo o parágrafo na íntegra para melhor aproveitamento do raciocínio que deve nos estimular ao bom ânimo, à alegria, à gratidão:

“Sem dúvida que outros conseguem substituir-te no trabalho a que te entrosas; no entanto, em se tratando de ti, é justo recordes que Deus nos fez, a todos, Espíritos imortais com o dever de aprimorar-nos até que venhamos a identificar-nos inteiramente com o seu Infinito Amor, conservando embora, em todo tempo e em qualquer parte, a prerrogativa de seres inconfundíveis da Criação.”

Essa prerrogativa é algo extraordinário. Seres inconfundíveis que somos, diversos na criatividade, nas iniciativas, nas possibilidades, nos conteúdos, nos esforços, na grandeza, nos esforços, nos aprendizados, nas carências e necessidades, nas conquistas, nos vínculos variados, nos gostos e tendências, nas habilidades…. Que coisa linda! Que estímulo! Quanto conteúdo a ser conhecido, estimulado, cultivado. Emmanuel foi muito feliz na construção do pensamento que expressou nesse belíssimo parágrafo. Um verdadeiro estímulo a todos nós para que… prossigamos!!!  Prossigamos, amando, trabalhando, confiando, pois que a vida tudo conspira a nosso favor. Sugiro ao leitor tenha o livro em casa para permanente consulta às suas preciosas lições.

Orson Peter Carrara

Nota do autor:
Os grifos são nossos, propositais.

Orson Peter Carrara
Orson Peter Carrara

Expositor espírita, tem percorrido muitas cidades do Estado de São Paulo e já esteve na maioria dos estados do país, por várias vezes, para tarefas de divulgação espírita. Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas, sites e jornais do país, além de boletins regionais, no país e no exterior. Autor de treze livros, seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como