Página InicialTextos EspíritasCuide da sua Saúde

54 visualizações

Cuide da sua Saúde

março 19, 2024

O corpo físico é uma flor que o Criador nos entrega na hora do nascimento, por intermédio de nossos pais, com um tempo mais ou menos longo de vida, e que devemos devolver a Ele após percorrer o caminho a que nos propusemos antes de reencarnar.

Conservá-lo é primordial para que possamos desenvolver as funções às quais nos candidatamos. E como somos corpo e espírito, a alimentação é de dois tipos: material e espiritual. 

A alimentação espiritual se faz através da prece, da fé em Deus, da prática da caridade, da leitura de bons livros, da oração, primeiro socorro ao qual devemos recorrer em qualquer situação desafiadora, segundo Raul Teixeira.

A alimentação material se faz através da refeição equilibrada, sem conservantes, rica em nutrientes necessários ao bom desempenho das funções corporais.

Porém, quantos equívocos cometemos! A quantos vícios nos subjugamos! Vício também é obsessão, é escravidão! É obsessão voluntária, porque ninguém é obrigado a viciar-se em nada.  Viciar-se é uma escolha infeliz.

O Espírito Joanes, em seu livro Para Uso Diário, psicografado por Raul Teixeira, na mensagem Cuide da sua Saúde, enumera:

“Vício do tabaco,

Vício do alcoolismo,

Vício da gastronomia,

Vício dos exageros do trabalho,

Vício do demasiado lazer,

Vício dos regimes para emagrecer.”

Nenhum extremo deve conduzir a vida de uma pessoa. Nem 8 e nem 80, mas um ponto de equilíbrio entre as duas extremidades.

As pessoas dos dias atuais correm para realizar muitas tarefas em curto espaço de tempo. A pressa, o vazio e a ansiedade governam a vida atual.

 A carência afetiva mesmo quando não se está só ou até quando se tem uma família está presente na vida de grande parte dos habitantes do planeta. Então, para “matar” a solidão as pessoas pedem a “ajuda” do tabaco, do álcool, da comida exagerada, dentre outros e por isso muitos se arvoram em conselheiros quando inúmeras vezes não têm o conhecimento suficiente para ajudar a quem pede auxílio. É o caso da alimentação, por exemplo. Vemos nas redes sociais pessoas aconselhando dietas restritivas demais que prejudicam a saúde, dietas sem comprovação científica e infelizmente são seguidas por muitas pessoas que querem resultado imediato, principalmente em se tratando de perda de peso. Em vez de procurarem um nutricionista para serem orientadas com segurança, já que o nutricionista é, por lei, o único profissional capacitado a prescrever dietas, pela pressa ou por promessa de emagrecimento rápido, acabam prejudicando a saúde abstendo-se de alimentos necessários ao bom funcionamento do organismo. E emagrecimento não se faz com chás, sucos ou sopas. A coisa é muito mais complexa do que se pensa!

Há poucos dias uma fisioterapeuta nos dizia que com os exercícios físicos acontece a mesma coisa, ou seja, pessoas aconselham exercícios com promessa de alívio de dores e que na realidade não exercerão nenhum efeito terapêutico na dor.

O uso indiscriminado de medicamentos, de vitaminas, de chás também segue o mesmo caminho. Ao contrário do que muitos pensam, vitaminas em excesso são tóxicas, como por exemplo a vitamina D. Fitoterápicos podem fazer interações com algumas drogas medicamentosas potencializando ou minimizando seus efeitos. E o mesmo acontece com nutrientes e medicamentos. E essas interações podem ser benéficas ou maléficas.

Moderação é a palavra-chave. Nem padecer de carências nutricionais ou psíquicas e nem exageros prejudiciais para que a saúde física e psíquica seja mantida.

E nos diz Joanes:

“Não olvide, porém, que o seu estado mental e a sua harmonia psíquica são fundamentais para o devido acionamento dos seus recursos corporais.

Então, procure manter a sua mente alimentada por tudo o que lhe seja útil, salutar, relaxante, retirando você das tensões nervosas, dos estresses que têm sido tão comuns na vida de hoje, provocando, com os distúrbios psicoemocionais, as disfunções somáticas, gerando enfermidades ao invés de manter a saúde”…

“Cuide-se então. Respeite esse bendito talento que o Criador lhe oferta na Terra. Viva o seu dia com essa visão de que você é o grande responsável por seu estado geral de doença ou de saúde, como o senhor de suas células corporais, como você sabe que é.”

A saúde é o maior bem que temos, mas que infelizmente só nos damos conta disso depois que a perdemos.

Orleide Félix de Matos

Referência:

Para Uso Diário, do Espírito Joanes, psicografado por Raul Teixeira, Editora Fráter, 6ª edição, 2014, pág, 93.

Orleide Felix de Matos
Orleide Felix de Matos

Nutricionista no Grande ABC, Espírita desde 1971, alia o seu conhecimento da Língua Italiana e paixão pela divulgação da doutrina espírita para divulgar o Espiritismo aos irmãos da Itália, através de seus três blogs, uma página no Facebook chamada Le Nostre Persone Care Vivono nell'Aldilà e um canal no Youtube.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como