Página InicialTextos EspíritasO objetivo do Espiritismo não é produzir cartas psicografadas

401 visualizações

O objetivo do Espiritismo não é produzir cartas psicografadas

agosto 13, 2016

wellington-balboConsidero perfeitamente natural a busca por mensagens dos entes queridos que nos precederam na grande viagem de retorno ao mundo dos Espíritos. Quem ama quer saber como, onde e com quem está.

E como a interação entre as vidas, a de lá e a de cá é constante, claro que se torna possível, por via mediúnica, a comunicação com nossos entes queridos.

Portanto, basta que algum afeto desencarne para as buscas por notícias tornarem-se objeto de cogitação por parte dos profitentes das mais diversas religiões.

Normal que procurem o Centro Espírita, afinal, somos nós os defensores e divulgadores da imortalidade da Alma.

Mesmo pessoas mais intransigentes, acabam, não raro, curvando-se quando experimentam a dor da morte em suas famílias e vão ao Centro Espírita.

É que enquanto as outras religiões param no túmulo, o Espiritismo adentra esse universo do Além.

Em face disto, tenho visto e recebido muita gente que chega ao Centro Espírita, ávida por notícias de seus familiares. Entretanto, como dissemos há pouco, embora seja possível a comunicação, vale salientar que esta não é a principal função do Espiritismo.

Então, não vai aqui nenhuma crítica a médiuns que se dedicam a este belo trabalho que, claro, é válido e importante, porém, não é o “prato principal do Espiritismo.

Aliás, assim como não é o prato principal, pois temos tantas outras coisas, como por exemplo, o passe, o trabalho na mediunidade, a promoção social, é preciso distinguir o importante do principal.

A função principal do Espiritismo não é produzir cartas psicografadas ou contatos com os entes queridos que já se foram. Isso ocorre por acréscimo da misericórdia de Deus.

A função principal do Espiritismo não é aplicar passes. Isso ocorre para mostrar que há ferramentas que nos possibilitam um processo de reernegização.

A função principal do Espiritismo não é abrir campo para trabalharmos na mediunidade. Isso ocorre para dar-nos emprego no campo do bem.

Em suma, a função principal do Espiritismo é promover a educação moral do indivíduo, educar a mente humana e sensibilizar o seu coração direcionando-o à caridade para consigo mesmo e depois ao próximo.

Wellington Balbo

Nota do Editor:
Imagem em destaque disponível em < http://www.astrocentro.com.br/files_astrocentrobr/field/image/astrologia-astrocentro_1389.jpg>. Acesso em 13AGO2016.

Wellington Balbo
Wellington Balbo

Professor universitário, Bacharel em Administração de Empresas e licenciado em Matemática, Escritor e Palestrante Espírita com seis livros publicados: Lições da História Humana; Reflexões sobre o mundo contemporâneo; Espiritismo atual e educador; Memórias do Holocausto (participação especial); Arena de Conflitos (em parceria com Orson Peter Carrara); Quem semeia ventos... (em parceria com Arlindo Rodrigues).

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como