Página InicialTextos EspíritasReações contrárias

458 visualizações

Reações contrárias

fevereiro 28, 2017

No livro O Evangelho Segundo o Espiritismo encontramos no capítulo XX, nas Instruções dos Espíritos, mensagem intitulada Os Trabalhadores do Senhor, ditada pelo Espírito de Verdade, donde pinçamos:

“É chegado o tempo em que se cumprirão as coisas anunciadas para a transformação da Humanidade, e felizes serão aqueles que tiverem trabalhado no campo do Senhor generosamente e sem outro interesse que não a caridade!”

É a confirmação de que já estávamos vivendo, no início da Codificação Espírita, tempos de mudanças morais significativas em nosso planeta, e aqueles que ajudassem na transformação, teriam uma melhor percepção da felicidade.

O Espírito da Verdade diz-nos sobre os trabalhadores fiéis:

“Trabalhemos juntos e unamos nossos esforços a fim de que o Senhor encontre a obra terminada quando chegar”, e os “que calastes vossos melindres e discórdias para não deixar a obra prejudicada!”.

Isso nos remete à ideia de que é necessário ajustarmo-nos aos valores e comportamentos exarados no Evangelho, tais como boa vontade, companheirismo, humildade, prazer em servir, dentre muitos outros.

Mas é preciso lembrar que muitos dos espíritos vinculados ao nosso planeta ainda se demoram na ignorância espiritual e possuem desejos contrários à proposta do Cristo, a ponto de lutarem contra sua implantação. Mas como não podem atingir o Cristo, buscam atingir seus seguidores, e é preciso atentar para os ataques, muitas vezes velados, que trazem desconforto e sofrimento. Por isso o Espírito de Verdade continua:

“As recompensas celestes são para aqueles que não tenham recebido as recompensas na Terra”.

Ao dizer “celestes”, e não na Terra, enquanto encarnados, as recompensas estão no campo do espírito imortal, e como não há privilégios diante da Lei de Deus, sempre nos defrontaremos, em nosso esforço de renovação e dedicação ao trabalho no bem, com ataques por parte dos interessados em manter o atraso moral em nosso planeta.

Precisamos ter em mente, no entanto, que nunca estaremos sozinhos nessa luta, pois os Bons Espíritos sempre nos secundarão se nosso entendimento estiver em sintonia com o Evangelho. Prova disso, entre tantas outras, é a mensagem intitulada “Não interessa” (1) que o Benfeitor espiritual André Luiz nos dá, pela psicografia de Antônio Baduy Filho:

“Não se deixe seduzir pela falsa noção de honra ferida.

Provocação? Não responda.

Ofensa? Perdoe.

Desrespeito? Desculpe.

Calúnia? Não ligue.

Sarcasmo? Não ouça.

Grosseria? Releve.

Agressão? Não revide.

Intriga? Esqueça.

Indiferença? Entenda.

Menosprezo? Vá em frente.

Paute sua conduta pelos critérios do Evangelho.

Não interessa se o mundo arrogante vai classificá-lo entre os últimos, mas que na opinião de Jesus você esteja entre os primeiros.”

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Referência:
(1) Vivendo o Evangelho, volume II, cap. XX, IDE, Antônio Baduy Filho, pelo espírito André Luiz.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://www.mensagenscomamor.com/mensagem/176403>. Acesso em: 27FEV2017.

Antônio Carlos Navarro
Antônio Carlos Navarro

Estudioso e palestrante espírita. Trabalhador do Centro Espírita Francisco Cândido Xavier em São José do Rio Preto - SP

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como