Página InicialTextos EspíritasNão é Milagre, é trabalho mesmo!

105 visualizações

Não é Milagre, é trabalho mesmo!

maio 31, 2017

Não obstante as calamidades que grassam por toda a parte, dando-nos a impressão de que o mal não tem remédio, não nos deixemos levar pela ilusão de que o caos está na direção dos destinos da Terra. Também é falsa a impressão de que os fatos negativos que se apresentam em forma de tormentos na nossa vida diária, mantenham-se por toda eternidade.

Procuremos nos mirar no exemplo dado pela natureza que transforma o pântano renovado pela drenagem em campo reverdejante, e procuremos tirar as melhores lições para operar em nós mesmos as transformações que a vida nos propõe nas variadas situações de progresso e crescimento que a presente encarnação nos felicita.

Observemos a síntese grandiosa que a natureza nos oferta, sob a forma da sábia lição, que reporta-se ás leis dos esforços em conjunto.

No Cosmos Grandioso, onde cintilam milhões de corpos celestes, também faz sentir a sublimidade desta lei. Pois vemos que, no cortejo imenso dos astros, existe a harmonia em todas as trajetórias.

Bastaria um só corpo celeste, por pequenino que fosse, não cooperar no conjunto, para que cataclismos de grande proporções adviessem como resultado. As leis magnéticas de atração e repulsão precisam estar em perfeita conjunção de esforços, para haver o equilíbrio.

Aqui na terra, também vemos a natureza sempre nos dar singelos exemplos.

Uma pérola que tivesse hábitos solitários, não poderia formar sozinha o conjunto harmonioso de um colar custoso.

Uma garoa de água, que teimasse em desprender sozinha da nuvem alentada, não poderia irrigar o solo árido pois sua capacidade de trabalho seria restrita.

Um tijolo, por mais que tenha boa vontade, se teimar em estar sozinho sem a cooperação de outros tijolos seus irmãos, não poderá, nas mãos de hábil arquiteto, se transformar em acolhedora vivenda.

Em tudo é preciso conjunto para mais fácil e eficiente se tornar a tarefa a ser empreendida.

Copiemos a natureza com nossos atos, sendo unidos em nossos empreendimentos. Se assim fizermos, mais facilmente venceremos os obstáculos.

E como cooperadores da Seara do Divino Mestre, porque não unirmos nossos esforços, para, em conjunto, edificarmos algo que seja útil para a Humanidade?” (1)

Apressemo-nos na luta constante pela nossa reforma moral, consoante o chamado do Cristo. Facultando, o quanto antes, o nascer do homem novo em nosso mundo íntimo, em substituição ao homem velho que sempre nos habitou, tornando possível com essa mudança o ensejo de um porvir feliz para nós e para os nossos.

O trabalho no bem sem aguardar recompensas, o cuidado em não cultivar ressentimentos, o respeito aos semelhantes, a luta constante para eliminar de nossa vida o pessimismo e expandir o otimismo são atitudes inteligentes que precisamos cultivar em nosso mundo íntimo, pois, representam caminhos seguros a serem seguidos por quantos se decidam por se guiar pelas sábias mensagens e incomparáveis exemplos deixados por Jesus.

Não podemos, de forma alguma, interromper ou sequer diminuir nossa disposição de combater no “bom combate”. Porque justamente no enfrentamento dos nossos desafios maiores com responsabilidade e disciplina, cumprindo com os nossos deveres, é que nos transformaremos em mensageiros da Boa Nova, executando a parte que nos compete na consolidação do Reino de Deus em nossos corações e do nosso semelhante.

Em determinadas ocasiões, as crises e os conflitos atravessam nossos caminhos com tamanha força que nos sugerem desistir. Porém, se nos mantivermos vigilantes e em orações, teremos a devida ajuda dos Amigos Espirituais a nos fazer perceber que as horas de tranquilidade, regozijo e beleza que nos aguardam são inumeráveis e compensam todo e qualquer esforço por alcança-los.

Jesus nos sustente na busca por esse estado íntimo de paz!

Francisco Rebouças

Referência:
(1) Xavier, Francisco Cândido, pelo Espírito Meimei. Livro: Bençãos de Paz, cap. A União.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <http://issoinspira.com.br/constelacoes-e-estrelas-no-pantanal/>. Acesso em: 31MAI2017.

Francisco Rebouças
Francisco Rebouças

Pós-Graduado em Administração de Recursos Humanos, Professor, Escritor, Articulista de diversos veículos de divulgação espírita no Brasil, Expositor Espírita, criador do programa: "O Espiritismo Ensina".

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como