222 visualizações

O essencial é visível ao coração

janeiro 13, 2023

Ainda absolutamente natural é que sintamos profundamente a “perda” ou momentâneo afastamento daqueles que fazem o caminho de volta ao mundo dos espíritos.

Mesmo na posse dos conhecimentos dessa doutrina, maravilhosa, que nos esclarece a vida após esta encarnada sentimos, sim, o afastamento e devemos respeitar os processos do luto.

Aqui no ocidente, em especial, somos pouco espiritualizados e, culturalmente, sofremos muito pela saudade da pessoa amada. Mesmo conhecendo também o famoso adágio popular “a única coisa certa nessa vida é a morte”, parece que nunca estamos prontos para o momento da separação.

Separação essa ainda mais dolorosa quando parece inverter uma ordem natural, aquela de que os mais velhos partem primeiro. Ninguém está pronto para a morte de alguém mais jovem, em especial, filhos e netos. A dor parece não ter fim.

Mas vem o tempo e nada, e nem ninguém, é melhor para asserenar as coisas. Ele não vai acabar com a saudade, mas pode, com certeza, amenizar a dor.

O título deste texto é também do capítulo 3 do livro “Léon Denis fala aos jovens” de Adeilson Salles.

Trata-se de uma paráfrase da fala “o essencial é invisível aos olhos” de Antoine de Saint-Exupéry e trata do amor.

O amor é invisível e intangível, ou seja, não o enxergamos nem o tocamos com os sentidos da matéria, mas ele ecoa, infinitamente, no coração.

Este amor, desde que verdadeiro, é imutável e inquebrantável e, como não é da matéria, é também eterno, logo, não acaba ou muito menos muda, diante da morte do corpo físico.

Toda dor e todo sofrimento passa, mas o amor fica e ele é o laço que nos uniu antes, nos une agora e unirá sempre aos seres amados na certeza que toda partida será também, um dia, um maravilhoso reencontro.

André Tarifa

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://br.pinterest.com/pin/759278818413774349/>. Acesso em: 13JAN2023.

André Luis R. Tarifa
André Luis R. Tarifa

Trabalhador espírita desde os 12 anos de idade, eterno aprendiz, tenho um canal no Youtube onde compartilho meu aprendizado e as belezas da poesia. Atualmente desenvolvo os meus trabalhos no Centro Espírita Mansão da Esperança em São Paulo, SP.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue o cartaz do seu evento espírita.

Clique aqui