Página InicialTextos EspíritasÉ preciso ouvir com atenção!

2420 visualizações

É preciso ouvir com atenção!

janeiro 6, 2016

francisco_rebouças“Buscai primeiro o Reino de Deus e sua justiça.” – Jesus. (Mateus, 6: 33)

Diante da grande quantidade de esclarecimentos contidos na “bússola” do coração que é o Evangelho, como discípulos de Jesus que nos dizemos ser sentimos ainda grandes dificuldades para nos equilibrarmos, convenientemente, dentro dos padrões de comportamento moral nele estabelecidos, para uma saudável convivência com o nosso semelhante na sociedade em que estamos inseridos.

“Venho, como outrora aos transviados filhos de Israel, trazer-vos a verdade e dissipar as trevas. Escutai-me. O Espiritismo, como o fez antigamente a minha palavra, tem de lembrar aos incrédulos que acima deles reina a imutável verdade: o Deus bom, o Deus grande, que faz germinem as plantas e se levantem as ondas. Revelei a doutrina divinal.

Como um ceifeiro, reuni em feixes o bem esparso no seio da Humanidade e disse: ‘Vinde mim, todos vós que sofreis’.

Mas, ingratos, os homens afastaram-se do caminho reto e largo que conduz ao reino de meu Pai e enveredaram pelas ásperas sendas da impiedade.”¹

Buscamos na fé, a paz espiritual pela Luz dos ensinamentos cristãos, no anseio de encontrarmos a solução para os nossos mais graves problemas com o destino.

Entretanto, na maioria das vezes, o que realmente desejamos encontrar é a realização dos nossos próprios caprichos; o predomínio das opiniões que nos são peculiares; a subordinação dos outros ao nosso autoritarismo com a consequente imposição de nossas opiniões pessoais; as comodidades fáceis do dia que passa; e a total satisfação dos nossos mais íntimos desejos no imediatismo inconsequente e vulgar.

É bem comum esquecermos as sábias e oportunas mensagens dos Espíritos Amigos, nas inúmeras lições trazidas ao nosso conhecimento pela Misericórdia Divina, conforme segue:

“Não acredites em facilidades sem preço.

Conserva correção nas tarefas pequenas, para que essa mesma correção não se te faça pesada nas grandes tarefas.

Nos instantes de crise, não te suponhas a única pessoa em provação sobre a Terra para que a tua dor não se converta em perturbação.

Trabalha sempre e sê útil, sem transitar nos labirintos do tempo perdido, ainda mesmo quando te reconheças sem a necessidade de trabalhar.

Usa criteriosamente a vida e os bens da vida, reconhecendo que tudo pertence a Deus que, por amor, te empresta semelhantes recursos e a Quem, no momento oportuno, tudo precisarás restituir.

Nessas diretrizes, seguiremos tranquilos, estrada adiante, e, conquanto as imperfeições de que ainda sejamos portadores, estaremos, com a Bênção de Deus, na condição de obreiros da paz.” ²

Muitos poucos aceitam as condições do discipulado estipulado pelo bom procedimento e pela prática da caridade. A esmagadora maioria recusa o sacrifício dos legítimos seguidores de Jesus e se acham os favoritos de Deus.

Por essa razão, a vida burilará todas as criaturas nas oficinas benditas da experiência, nas abençoadas lutas de aperfeiçoamento onde sofreremos e aprenderemos através das variadas opções da estrada evolutiva e redentora.

Urge estarmos atentos para ouvir, com atenção, as palavras do Senhor: “Buscai primeiro o Reino de Deus e sua justiça.”.

Francisco Rebouças

 

Referências Bibliográficas:
1 – Kardec, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. FEB 112ª edição. Cap. VI, item 5;
2 – Xavier, Francisco Cândido – pelo Espírito Emmanuel. Livro: Urgência – Cap. Atitudes de Urgência.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em
<http://celiafindinggod.blogspot.com.br/2015/02/jesus-in-gospels.html>.
Acesso em: 06JAN2016.

Francisco Rebouças
Francisco Rebouças

Pós-Graduado em Administração de Recursos Humanos, Professor, Escritor, Articulista de diversos veículos de divulgação espírita no Brasil, Expositor Espírita, criador do programa: "O Espiritismo Ensina".

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como