Página InicialEventos EspíritasOnlineIV Fórum do Livre Pensar Espírita (LiPE) do ECK (Espiritismo com Kardec). Henri Netto

94 visualizações

IV Fórum do Livre Pensar Espírita (LiPE) do ECK (Espiritismo com Kardec). Henri Netto

Quando? 25/01/2022

Henri Netto tratará do tema “A FEB e o (im)pacto doutrinário: um projeto de poder!?”
Dia 25 de Janeiro (Terça-feira) às 18h:30min.
Como debatedores, irão figurar Beto Souza (RS) e Nelson Santos (SP), todos sob a Moderação de Marcelo Henrique (SC).
Transmissão simultânea pelo Youtube e Facebook do ECK: https://www.facebook.com/groups/322167808201795 e https://www.youtube.com/watch?v=XTmdB8RtVQY

SINOPSE:

Sabe-se que o movimento espírita nasceu em terras francesas, capitaneado em suas principais realizações pelo Professor Allan Kardec. Suas obras, contendo a teoria e a prática espíritas foram trazidas por pessoas que viajaram à França (ou outros países da Europa), ainda no francês, iniciando-se o estudo das mesmas, em grupos seletos, notadamente formado por pessoas de ótimo poder aquisitivo e cultura educacional (lembremos que o idioma era ensinado em liceus e academias educacionais do fim do século XIX e por todo o subsequente). Na capital federal, o Rio de Janeiro, o movimento apresentou a liderança de dois grupos, os científicos e os místicos, disputando, entre si, adeptos e instituições. Com a proeminência dos místicos, a Federação Espírita Brasileira foi fundada em 2 de janeiro de 1884. Funcionou, a mesma, durante muito tempo como um simples “centro espírita” – característica que mantém até os dias atuais, conforme seus estatutos: formada por pessoas físicas, em número reduzido, associadas da federativa e NÃO como poderia se supor, como a reunião das entidades congêneres (estaduais e do Distrito Federal), que, neste caso, são a união das instituições espíritas dispostas em bairros e cidades pelos mais de 5.000 municípios brasileiros.

Um evento em especial marca a história do Espiritismo em terras tupiniquins: o Pacto Áureo, documento firmado em 5 de outubro de 1949, inspirado nos desejos de Bezerra de Menezes, para a “unificação da família espírita brasileira”, reunindo lideranças espíritas de vinte Federações ou Uniões Espíritas, sob a presidência de Antônio Wantuil de Freitas. Também é fruto deste pacto a criação do Conselho Federativo Nacional, um órgão meramente administrativo que reúne, hoje, 27 entidades estaduais/distrital e três entidades especializadas.

De 1949 a 2022, que quadro foi desenhado? Quais as consequências, para a denominada “família espírita brasileira”, desta “unificação”? O que significou, historicamente, o Pacto Áureo? Constituiu-se e continua sendo um instrumento de dado projeto político-doutrinário de poder? Em positivo, em que consiste este poder? Estas e muitas outras questões serão tratadas por nosso convidado e pelos debatedores.

Esperamos a sua qualificada presença e participação na primeira live do IV LiPE. Até lá!

Fernanda Silva Linhares
Fernanda Silva Linhares
Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como